(35) 3449-8900

Federaminas Mulher lança o projeto “Mulheres sem Fronteiras”

31/03/2021

O evento online acontecerá nesta quarta-feira, dia 31, às 19h, com mulheres ligadas ao comércio para trocar experiências e fortalecer os seus negócios.

E para fechar o mês internacional das mulheres, a Federaminas Mulher fará nesta quarta-feira, dia 31, às 19h, o lançamento do projeto Mulheres Sem Fronteiras, com a realização da Live: Mulheres que brindam – Um dos segredos mais bem guardados de Portugal. O evento contará com participações importantes, como da engenheira agrônoma Marta Lourenço e da presidente  do Conselho Nacional  da Mulher, Tânia Resende. A transmissão será conduzida pela presidente da Federaminas Mulher, Yêda  Fernal.

Neste momento em que o comércio enfrenta grandes desafios com os fechamentos constantes devido a pandemia do coronavírus, o projeto nasce com o intuito de fazer com que uma representante de cada câmara mostre seu trabalho, troque ideias e compartilhe seu conhecimento com as demais. “Assim poderemos crescer juntas, promover o empreendedorismo feminino e ajudar a movimentar a economia”, garantiu a presidente da Federaminas Mulher.

Com encontros virtuais mensais, a cada reunião um tema será debatido para contribuir para o crescimento e o fortalecimento de cada negócio, no sentido de desenvolver, conectar e promover as Câmaras Regionais do Estado de Minas Gerais. “Cada uma delas terá a oportunidade de apresentar projetos ou ações realizadas em seu município e que poderão ser replicadas por outras Câmaras ou Conselhos”, comentou Yêda. 

Ela acrescenta que cada live terá um tema específico de relevância empreendedora no sentido de promover conexões de valor e resultados para as mulheres empreendedoras, bem como, contribuir para o fortalecimento do negócio e a geração de empregos e renda nos municípios de abrangência da Federaminas Mulher. 

Cata-vento: símbolo do projeto

De acordo com a presidente, o símbolo escolhido para representar o evento foi o cata-vento, já que remete ao movimento e à articulação. “Ele promove alteração da velocidade e direção, além da recuperação no fim de uma reação, ideia que precisamos ter em meio ao atual momento”, citou Fernal.

Para Márcia Camargo, Diretora da Federaminas Mulher, “o projeto irá valorizar as mulheres empreendedoras, pois ele surge com essa finalidade, de oportunizar cada câmara para mostrar seu trabalho em encontros virtuais e assim vamos aprendendo umas com as outras e vamos promover o empreendedorismo feminino e a fomentar a economia.”

Serviço:

Lançamento Mulher Sem Fronteiras (31 de março) às 19h. Link de transmissão: abre.ai/federaminasmulhersemfronteiras

Informações: @federaminasmulher

Fonte: Yêda Fernal, formada em Letras e administração de empresas. É presidente da Federaminas Mulher e vice-presidente do Conselho Nacional Empresária da CACB. Diretora da Federação das Mulheres Empresárias da Confederação Empresarial dos Países de Língua Portuguesa (CE CPLP).